Esse final de semana assisti com meu anjo, seu filme preferido, Brilho Eterno de uma Mente sem Lembranças.

Confesso que esse filme me fez pensar demais, principalmente em relacionamentos, que por vez ou outra acabam se desgastando por besteiras, e que na hora da explosão máxima da ira, você ou a pessoa acaba falando coisas demais, sem sentido, mas que na hora faz total sentido e que acabam magoando a outra pessoa.

Até onde vale a pena insistir em discussões que naõ valem a pena? Até onde vale a pena brigar por causa de sua teimosia, ou por não dar o braço a torcer?

Mas o que eu parei para gastar o maior número de neurônios foi, até onde vale fugir de alguma relação que no final, era tudo o que você mais queria, mesmo que inconsciente?.

Vejo não só pelo filme, mas por exeriências de amigos, conhecidos, família, que por mais que você ache que a relação naõ está boa e termine com ela, quando é para ser, as pessoas sempre se encontram no final.

Ainda bem que eu achei a minha pessoa, claro que temos nossas diferenças, mas vale o esforço para não termos que nos separar e nos encontrar lá na frente!.

O que eu quero é uma prorrogação pra vida toda desse jogo.

Anúncios