You are currently browsing the monthly archive for abril 2010.

A banda do cover de hoje é o Keane e a música é under pressure do Queen:

O Fotógrafo Khuong Nguyen dirigiu a série de fotografias para a campanha de promoção da nova coleção de sapatos Christian Louboutin.

Todas as fotos são inspiradas em contos conhecidos e os sapatos inseridos nesse contexto:

Final de semana chegou.

Por isso sorria e diverta-se

O fotografo americano Sandy Skoglund é professor da universidade Rutgers em Nova Jersey, lá ele realizou um trabalhou excelente, um universo surrealista cheio de cores e contrastes que ressaltam aos olhos.

O artista Peter Root apresenta seu mais recente trabalho, o Ephemicropolis, que é a representação de uma cidade inteira feita de grampos.

A obra contém 100 mil grampos e demorou aproximadamente 40 horas de montagem.

Confira o vídeo com o making of:

A loja da Nike no Champs Elysées em Paris, revela o seu novo espaço “Boot Room” que é inteiramente dedicado ao mundo do futebol, já que a copa do mundo esta chegando.

O universo conta com 560m² dedicados aos fanáticos pelo esporte. Quem criou este espaço na loja da Nike em Paris foi o Studio White .

O artista belga Benjamin Heine cheio de talento, criou uma série de imagens que combinam fotografias e desenhos feitos a mão.

Ele deu o nome do projeto de “PencilVS Camera”, e com esse trabalho, o artista torne-se único a fazer isso.

Uma alusão à boa e velha brincadeira com as capas de vinil.

O artista Nanami Cowdroy criou essas ilustrações inteiramente em preto e branco inspirado em suas raízes japonesas e européias com a intenção de criar um universo limpo e sem fronteiras entre as duas culturas.

Há alguns meses atrás o Random International foi selecionado para desenvolver uma instalação específica para o lounge da Home House da sociedade de Londres.

O que eles criaram?

Uma instalação em forma de um quadro de luzes que reage ao som, ou seja, as luzes dançam conforme a música ou ruído.

O legal dessa instalação é que além de reagir ao som, ela pode formar imagens ou um texto, e a introdução de uma terceira dimensão ao conceito tradicional de um display transforma a peça em uma parte viva do espaço.

Além disso, a instalação cria imagens nas sombras que ela produz em si mesma.

A agência de arquitetura dinamarquesa Bayarch apresentou este projeto surpreendente: a transformação do sinal “Hollywood” em um hotel com mais de 300 quartos, a fim de preservar o símbolo intacto mas aproveitando-se deste espaço único.

O que você viu

abril 2010
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Twitter

RSS Duas Perdidas

  • Instagram.me 05/04/2012
    Sobre a poesia que a gente vive. Tem muita gente xarope que fala mal do Instagram, das fotos que ficam todas iguais, que parecem antigas, que é pastiche e nanan. Falaram que o Photoshop acabaria com a verdade e sentimento da fotografia, e ele tá aí né minha gente! Pensar o cotidiano em fotografias, em […]
    duasperdidas

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 5 outros seguidores