You are currently browsing the category archive for the ‘filmes’ category.

A Rip Curl em colaboração com a Timeslice Films criou um vídeo conceitual muito bacana. Com efeito chamado “bullet-time” (muito usado no filme matrix), e tudo foi gravado através de uma plataforma de 52 Canon Rebel e 52 ângulos diferentes.

Vale a pena conferir o vídeo:

Anúncios

O diretor François Voutier criou um filme experimental em homenagem a Ridley Scott. O filme escolhido foi “Blade Runner” (1982).

O filme experimental foi contruído com 167,819 frames do filme original, o resultado, um quadrado gigante com cerca de 60 mil pixels ou 3,6 gigapixels e uma ilusão bem bacana.

Simon Christen filmou durante o período de um ano, a baía de São Francisco. O resultado disso virou um vídeo intitulado “O Mar Invisível”, que mostra as várias transformações do céu e do tempo.

As imagens são incríveis, e a trilha sonora ficou por conta de Nick Cave – Mary’s Song.

Vale a pena conferir o vídeo:

Gosto muito de vídeos que mostram o time lapses dos locais.

Russ Chimes esta lançando seu mais novo EP chamado de “Midnight Club”. Para marcar esse lançamento ele teve a colaboração do Saman Keshavarz, que foi autor do clip Luv Deluxe do Cinnamon Chasers.

O trabalho de Russ Chimes é composto por três filmes, todos tem uma ligação entre si e foram filmados em Los Angeles.

Achei o trabalho bem interessante, não conhecia o diretor e nem o artista. O que achei de legal é a forma como o diretor consegue contar uma história.

Vale a pena conferir os vídeos:

E para quem não viu esse é o clip do Cinnamom Chasers:

Adorei os trabalhos de Saman Keshavarz

O designer russo Andrey Nepomnyaschev criou um vídeo experimentel e deu o nome de “Zeroing”. O vídeo contou com a parceria do Studio Takt.

A animação é bem legal, muito preto, branco e prateado, faz você viajar um pouco, lembra muito a criaço de algo através de explosão.

Brendan Carroll e Francesco Giroldini, ambos do Ringling College of Art + Design, criaram um impressionante trabalho de animação. O curta intitulado “The Monk & The Monkey” conta a história de Ragu, um garotinho decidido a se tornar um monge.

Ragu é enviado por seu mestre para realizar sua jornada final para se tornar monge. Aparentemente uma simples tarefa se torna um desafio inesperado para o garoto, principalmente quando ele descobre o real valor da sua busca.

Quem foi ao cinema assistir Toy Story 3 com certeza assistiu o mais recente curta da Pixar, com o nome de Day & Night. Teddy Newton retratou muito bem o dia e a noite reunidos em dois personagens bem simpáticos.

http://vimeo.com/14108792

Samuel Cockedey é especialista em vídeos de lapsos do tempo. No outono do ano passado ele fez um vídeo incrível no Japão:

Agora Samuel voltou com um novo vídeo chamado Floating Point, que explora os principais pontos de Tokyo como Rainbow Bridge, Ikebukuro and Shinagawa.

Para você que é curioso como eu e sempre se perguntou como seria ver raios em slow motion, Tom Warner recentemente capturou algumas imagens incríveis em Rapid City em Dakota do Sul. Ele capturou mais de 9.000 imagens por segundo e 1,5 minutos em vídeo que dura apenas 2 segundos em tempo real.

Este vídeo mostra vários flashes de relâmpago voando acima de diferentes torres. Primeiro, um flash terreno positivo dispara flashes baixo para cima de sete torres distintas, das quais podemos ver apenas três no clipe.

O vídeo realmente é incrível e esta todo em slow motion.

Dirigido por Juan Rayos, este belo vídeo foi produzido com um grupo de longboard em Madrid. Uma equipe composta pelos atletas Ra, Nacho e Marketes. O filme possui uma trilha sonora de duas bandas  Ten Thousand Lines e Bathtime, além disso o filme foi capturado com a Canon 5D Mark II.

O que você viu

setembro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Twitter

RSS Duas Perdidas

  • Instagram.me 05/04/2012
    Sobre a poesia que a gente vive. Tem muita gente xarope que fala mal do Instagram, das fotos que ficam todas iguais, que parecem antigas, que é pastiche e nanan. Falaram que o Photoshop acabaria com a verdade e sentimento da fotografia, e ele tá aí né minha gente! Pensar o cotidiano em fotografias, em […]
    duasperdidas

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 4 outros seguidores

Anúncios